Parretas

O AcustiCidade: (Re)Fazer histórias nas Parretas, é uma caminhada sonora de seis episódios georreferenciados nas Parretas em Braga, que começa aqui, junto ao ICNF / sede do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Instruções

Para começar, desloca-te até ao ponto de partida da caminhada, junto ao ICNF / sede do Parque Nacional da Peneda-Gerês, nas Parretas em Braga. Ver itinerário para chegar lá.
Com os teus auscultadores, ouve a faixa zero “Introdução e apresentação” e, de seguida, o episódio 1 “A Casa dos Azevedo Campos”. Para ouvires os episódios seguintes, consulta o mapa neste site, e desloca-te até lá. Apesar de os episódios estarem numerados, és livre de explorar este lugar e ouvir cada episódio na ordem que desejares. Produzimos também um mapa em PDF que podes descarregar e imprimir para levares contigo. Boa visita!

Ficha técnica

Uma iniciativa

Circuito – Serviço Educativo Braga Media Arts
Braga Media Arts

Design gráfico

United by

Site

Paulo Doellinger

Fotografia

Lais Pereira

Conceção artística, coordenação, investigação e texto

Space Transcribers - Daniel Duarte Pereira, Fernando P. Ferreira, Marta Sofia Silva

Sonoplastia e montagem

Pedro Augusto

Participantes da oficina de captação sonora

Ricardo Fernandes, Carolina Castro, Sara Ibarra, Patrícia Patrício, José Pedro Correia, João Pedro Amorim, Jiôn Kiim

Narração

Tatiana Mendes

Gravação

João Coutada

Testemunhos

Ângelo Silva, Armando Oliveira, Fernando Teixeira, Manuel Figueiredo, Maria Duarte Maria Helena Gomes, Maria José Mota, Maria Natividade Figueiredo, Matilde Vieira, Pedro Pereira, Rafaela Silva

Agradecimentos

Arq. José Gomes Fernandes, Carlos Campos, Fátima Pereira, Luís Pedroso, Lurdes Gonçalves, Manuel Dias, Margarida Folhadela Lemos, Marta Campos, Miguel Melo Bandeira, Sofia Cunha Reis
Arquivo Municipal de Braga, União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade, Associação de Moradores das Parretas, Parretas Team

Sobre o AcustiCidade

Em 1978, uma cooperativa de arquitetos do Porto entregava ao Município de Braga um volumoso dossier com o plano de urbanização para uma extensa área agrícola, de 20 hectares, localizada nas franjas da cidade antiga. Este lugar, cuja paisagem se transformou drasticamente desde então, é hoje conhecido como a urbanização das Parretas. A sua paisagem sonora, povoada por diversas vozes e histórias, serve de ponto de partida para conhecermos melhor as transformações urbanas que ocorreram em Braga desde o final dos anos 70 do século XX.

Neste primeiro AcustiCidade, o Circuito – Serviço Educativo Braga Media Arts, convidou os Space Transcribers a colaborar com o artista Pedro Augusto para criarem um projeto artístico, no âmbito das media arts, que se debruçasse sobre os lugares de Braga à margem do seu centro histórico.

O convite resultou numa caminhada sonora, de 6 episódios georreferenciados, que pretendem contar a história e as histórias das Parretas através das vozes de quem habita ou habitou este lugar, paralelamente à construção de uma sonoplastia composta por sons que foram recolhidos numa oficina de captação sonora nas Parretas.